MEC divulga edital do Enem 2015

MEC divulga edital do Enem 2015

O Ministério da Educação (MEC) divulgou nesta segunda-feira (18), o edital oficial do Enem 2015, que contém todas as regras que os candidatos precisam saber para realizar o exame, a estrutura das provas, o cronograma completo e os critérios de avaliação.
Segundo o documento, as inscrições do Enem começam a partir das 10h da próxima segunda-feira (25) e terminam às 23h59 do dia 5 de junho (horário de Brasília), devendo ser feitas exclusivamente através do site http://enem.inep.gov.br/participante. O valor da taxa de inscrição será de R$ 63 e deve ser paga até às 21h59 até o dia 10 de junho somente no Banco do Brasil por meio da Guia de Recolhimento da União (GRU simples). Não haverá prorrogação do prazo de pagamento da taxa de inscrição.
De acordo com o edital, isenção da taxa de inscrições do Enem é válida para todos os estudantes da rede pública e aos participantes que declararem ser membros de família de baixa renda ou estar em situação de vulnerabilidade socioeconômica. Para começar a se inscrever, o aluno deve informar primeiramente o número do seu CPF e o número do seu RG. Além disso, deverá informar um telefone (fixo ou celular) e um endereço de e-mail válidos. Ele também deverá criar uma pergunta e resposta de segurança para recuperar a senha. Segundo o ministro da educação, Janine Ribeiro, essas novas regras servem para aumentar a segurança dos estudantes e do próprio sistema informatizado.
O Enem oferece atendimento especializado e específico aos candidatos que declararem, no ato da inscrição, ter necessidade especial. O atendimento especializado será oferecido a pessoas com baixa visão, cegueira, deficiências físicas, auditivas, intelectuais, dislexia, autismo ou outra condição especial. Já o atendimento específico é oferecido a gestantes, idosos, lactantes, estudantes em classe hospitalar e aos candidatos sabatistas que, devido a sua religião, não podem realizar as provas no sábado.
 
Travestis e transexuais podem usar o nome social
No Enem 2015, travestis e transexuais poderão usar o nome social após a inscrição pela internet. Os interessados deverão enviar cópia do documento de identificação, formulário preenchido e foto recente pelo sistema de inscrição entre os dias 15 a 26 de junho, ou seja, após o período de inscrição. No dia das provas, as pessoas trans deverão ser tratadas pelo nome com o qual se identificam e não pelo nome que consta no documento de identidade. Além disso, usarão o banheiro do gênero com o qual se identificam. Em 2014, foram feitos 95 requerimentos por telefone para o uso do nome social.
Sobre as provas
No Enem 2015, o Ministério da Educação (MEC) decidiu suspendeu a entrega do cartão de confirmação do Enem na versão impressa. Neste ano, os candidatos só poderão checar seu local de provas acessando o site oficial do Enem. O cartão de confirmação contém o número da inscrição; data, hora e local da realização das provas; indicação de atendimento especial (se necessário), opção escolhida para a prova de língua estrangeira e solicitação de certificação do ensino médio (se for o caso).
As provas do Enem 2015 acontecerão nos dias 24 e 25 de outubro, com início às 13h30, conforme o horário oficial de Brasília. É obrigatória a apresentação do documento de identificação original com foto para a realização das provas.O candidato deverá usar caneta esferográfica de cor preta e fabricada em material transparente. Os candidatos NÃO podem levar lápis, lapiseira, caneta fabricada por material não transparente, borracha, livros, manuais, anotações e quaisquer dispositivos eletrônicos (calculadoras, agendas eletrônicas ou similares, telefones celulares, smartphones, tablets, ipods, pen drives, mp3 ou simular, gravadores, relógios, alarmes de qualquer espécie ou qualquer transmissor, gravador ou receptor de dados, imagens, vídeos e mensagens). Além disso, durante as provas, não pode usar óculos, chapéus, bonés, viseiras, gorro ou simulares. Também está proibido ausentar-se em definitivo da sala de provas antes de decorridas duas horas do início das provas.
Ao todo, serão aplicadas uma redação e 4 provas objetivas contendo cada uma 45 questões de múltipla escolha. Os portões abrem às 12h e fecham às 13h. A partir das 13h, os participantes deverão aguardar em sala de provas até que seja autorizado o seu início, às 13h30, após o procedimento de verificação de segurança. No caso dos candidatos sabatistas, eles deverão aguardar para iniciarem as provas do primeiro dia às 19h (horário de Brasília).
No sábado, dia 24, os candidatos farão os exames de Ciências Humanas e suas Tecnologias e de Ciências da Natureza e suas Tecnologias, que abrangem as disciplinas de história, geografia, filosofia, sociologia, química, física e biologia. A prova terá duração de 4 horas e 30 minutos, contadas a partir do momento em que o aplicador autorizar o seu início. No domingo, dia 25, serão aplicadas as provas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, de Matemática e suas Tecnologias e uma redação. As questões objetivas deste dia avaliarão os alunos em matemática, língua portuguesa, literatura, língua estrangeira (inglês ou espanhol), artes, educação física, tecnologias da informação e comunicação. A duração das provas será mais longa, com 5 horas e 30 minutos, para que o aluno tenha tempo de redigir o seu texto. O gabarito será divulgado até o dia 28 de outubro.
Segurança Enem 2015
No Enem 2015, os malotes com as provas terão lacre eletrônico. Eles serão abertos após as 13h e até 13h30, depois que todos os estudantes já estejam sentados na presença de uma terceira pessoa para reduzir as possibilidades de vazamento das provas. No ano passado, uma foto da página do caderno de provas que continha a proposta de redação do Enem vazou momentos antes do início do segundo dia do exame. A Polícia Federal confirmou o vazamento, denunciado inicialmente por um estudante do Piauí.
Correção das provas

As provas do Enem 2015 deverão ser realizadas em caneta de cor preta fabricada em material transparente. A redação deverá ser transcrita na “Folha de Redação” sem emendas ou rasuras. Os rascunhos e as marcações feitas pelos candidatos nos Cadernos de Questões não serão considerados válidos para a correção da redação.

As questões objetivas serão corrigidas com base na metodologia TRI (Teoria de Resposta ao Item). A redação será corrigida por dois corretores de forma independente. Cada corretor atribuirá uma nota entre zero e 200 pontos para cada um das cinco competências. A nota total de cada corretor corresponde à soma das notas atribuídas a cada uma das competências. Será considerada discrepância entre dois corretores se suas notas totais diferirem por mais de 100 pontos ou se a diferença de suas notas em qualquer uma das competências for superior a 80 pontos.
A nota final da redação do Enem 2015 varia entre zero (0) a mil (1000) e será atribuída da seguinte forma:
1. Caso não haja discrepância entre os corretores, a nota final será a média aritmética das notas totais atribuídas pelos dois corretores;
2. Caso haja discrepância entre os corretores, a redação será corrigida por um terceiro corretor de forma independe;

3.
Caso não haja discrepância entre o terceiro corretor e os outros dois corretores anteriores, a nota final será a média aritmética entre as duas notas totais que mais se aproximarem, sendo desconsideradas as demais notas;

4.
Caso haja discrepância entre o terceiro corretor e apenas um dos dois corretores anteriores, a nota final será a média aritmética entre as duas notas totais que mais se aproximarem, sendo desconsideradas as demais notas;

5.
Caso haja discrepância entre o terceiro corretor e os dois corretores anteriores, a redação será corrigida por uma banca composta por três corretores. Esta banca atribuirá a nota final do participante, desconsiderando as anteriores.
Será atribuída nota zero na redação do Enem 2015:

1.
Fugir do tema proposta;
2. Não respeitar a estrutura dissertativo-argumentativa;
3. Entregar a Folha de Redação em branco;
4. Entregar redação com até sete linhas – qualquer que seja o conteúdo configurará “texto insuficiente”;
5. Copiar os textos motivadores apresentados no Caderno de Questões;
6. Escrever impropérios ou desenhos;
7. Não respeitar os Direitos Humanos;
8. Quando parte do texto está deliberadamente desconectada com o tema proposto da redação.
 
Resultados do Enem 2015

Os gabaritos oficiais das provas objetivas do Enem 2015 serão divulgados até o dia 28 de outubro
no site oficial do Inep, órgão do MEC responsável pelo exame. As notas individuais estão previstas para publicação em janeiro de 2016. Os participantes terão acesso às suas provas de redação após a divulgação do resultado no endereçohttp://enem.inep.gov.br/participante.
A nota do Enem pode ser usada para participar do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que oferece vagas no ensino superior público; do Programa Universidade para Todos (ProUni), que disponibiliza bolsas de estudo em instituições particulares e do Sistema de Seleção Unificada do Ensino Técnico e Profissional (Sisutec), que destina a estudantes vagas gratuitas em cursos técnicos. O Enem é também pré-requisito para firmar contratos pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), para concorrer a bolsas de intercâmbio pelo programa de mobilidade internacional e para obter o diploma de conclusão do ensino médio.

Fonte: Universia