No último dia, Enem bate recorde e tem 6,3 milhões inscritos

No último dia, Enem bate recorde e tem 6,3 milhões inscritos

Faltando poucas horas para o término do prazo de inscrições, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) superao recorde do total do ano passado, segundo o Ministério da Educação. Até as 11h20 desta segunda-feira (27) fizeram a inscrição on-line 6.342.250 candidatos, número superior ao registrado em 2012, com 5.971.290 inscritos, recorde até então. As inscrições terminam às 23h59 (de Brasília) desta segunda-feira (27). O prazo não será prorrogado, segundo o Ministério da Educação.
O pagamento da taxa, no valor de R$ 35, pode ser feito até esta quarta-feira (29). Quem não pagar vai perder a inscrição. As provas serão nos dias 26 e 27 de outubro. As inscrições devem ser feitas no site sitesistemasenem2.inep.gov.br/inscricaoEnem.
No início da madrugada desta segunda-feira, uma falha no site de inscrição do Enem fez aparecer a frase “inscrições encerradas”. O MEC afirma que o erro foi rapidamente corrigido e que em nenhum momento o sistema de inscrição foi encerrado.
O MEC colocou no ar um site com o passo a passo para ajudar o candidato fazer a inscrição para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2013). O endereço do site é www.enem.inep.gov.br. Nele também é possível acessar o link para a página de inscrição.
O passo a passo mostra como a inscrição deve ser feita e traz informações importantes, como a de que o Cartão de Confirmação da Inscrição será enviado, por via postal, para o endereço informado pelo participante no ato da inscrição; como encontrar no sistema a escola onde fez o ensino médio; e de que o estudante deverá guardar o número de inscrição para acessar o sistema futuramente.
No balanço divulgado pelo MEC às 18h30 da segunda-feira, o Enem já computava 472.495 inscrições. No ano passado, no primeiro dia de inscrições, até as 20h20, foram contabilizadas 512.029 inscrições.
“O sistema está funcionando muito bem, todos os testes foram feitos para que o estudante tenha muita tranquilidade neste período de inscrição. O estudante não precisa pressa, o sistema está respondendo bem”, diz Costa, em entrevista à rede de comunicadores, programa interno da assessoria de imprensa do Ministério da Educação.
O Ministério da Educação calcula que 6,1 milhões de estudantes deverão se inscrever para as provas que podem garantir acesso à universidades federais e institutos federais de ensino superior, e nesta edição de 2013 promete mais rigor na correção da prova de redação e um investimento maior na segurança para evitar fraudes.
Criado em 1998, o Enem tem suas notas usadas no processo seletivo do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), para vagas em universidades e institutos federais. O exame já tinha sido adotado em sua totalidade por várias universidades de destaque como a UFRJ e UFF, e nesta edição substituirá os vestibulares da UFMG, UnB, UFJF, Ufes e UFRN, entre outras.
O Enem também é usado para o candidato pedir bolsa de estudos pelo Programa Universidade para Todos (Prouni), solicitar benefícios do Programa de Financiamento Estudantil (Fies), e obter certificado de conclusão do ensino médio.